A CARREGAR

Escreve para pesquisar


Tags: ,

20 programas de YouTube para ver durante a quarentena

Partilhas

Tudo indica que as próximas semanas de todos nós sejam passadas em casa.

As circunstâncias não são as ideais, mas não deixa de ser uma oportunidade para meter a leitura em dia, aprofundar conhecimentos em alguma matéria, ou simplesmente varrer temporadas daquelas séries que estavam na lista de espera. No espírito da iniciativa #StayTheFuckHome, vamos fazer uma série de artigos com listas de recomendações curadas pela nossa equipa, para que o período em casa seja o mais confortável e interessante quanto possível.

A quarta lista desta série é dedicada ao YouTube. Fizemos uma seleção de 20 dos programas e canais favoritos da redação, divididos entre as categorias de moda e sneakers, música, entrevistas e food porn.

Moda e Sneakers

Sneaker Shopping

Joe La Puma, connoisseur de sneakers, é o apresentador do programa que nos leva a conhecer o gosto pessoal de inúmeros artistas, atletas e figuras da cultura urbana – sempre através de uma ida às compras nas melhores lojas de sapatilhas dos Estados Unidos. As dez temporadas contam com momentos para os mais poupados e outros em que o intuito foi sempre o de abrir cordões à bolsa, e trazer aqueles pares que sempre se desejaram.

Full Size Run

Brendan Dunne, Matt Welty, e Trinidad James formam o trio que, todas as semanas, discute os melhores drops, e decide “what to cop” e “what to drop”. Os episódios não se regem exclusivamente por novidades, contudo, discutindo coleções e trazendo convidados – podemos, por exemplo, ver Fat Joe a contar os segredos da sua coleção e os seus plugs. Há ainda momentos para discutir a atualidade hypebeast, com a ilustre Vashtie, primeira mulher a desenhar umas Jordan. São, no entanto, inúmeras as personalidades que já passaram pelo sofá semanal, com informações e opiniões imperdíveis.

NAYVA

Também um trio – originalmente um quarteto, antes da mudança para L.A. -, chegam-nos com novidades todas as quintas-feiras. Angel, Esme e Faith trazem-nos diferentes estilos, desafios, e até algumas dicas de make up. Apesar de ser um girl show, não implica que o seu público seja exclusivamente feminino, até porque Nayva faz questão de dedicar alguns episódios ao styling masculino.

PAQ

A descrição do canal no youtube é breve – “PAQ: Fashion & Streetwear” – mas não se iludam: podíamos ficar horas a falar deles. À semelhança de Nayva, PAQ é também membro da Kyra TV, mas aqui os hosts são quatro e dedicam-se maioritariamente ao público masculino (com exceções, claro). A variedade de desafios existentes no programa vai de desafios cronometrados, ou com um limite de orçamentos, ou mesmo alguns que dão plenas liberdades para mostrarem a sua criatividade. No final, cada episódio é avaliado por um convidado, por norma uma personalidade dentro da street culture.

Sole Origins

O trocadilho no nome é esclarecedor: esta série traz-nos a história íntima de algumas das mais emblemáticas sapatilhas, cruzando-as a influência das personalidades e das cidades nos modelos – Berlim, Nova Iorque ou Chicago assumem um papel central.
Da história das Air Max 90 DQM, popularmente conhecidas como “Bacon”, até à influência da capital alemã após a queda do muro, em 1989, esta minissérie é a escolha perfeita para os que se acham experts no sneaker world – podem colocar os vossos conhecimentos à prova, e talvez ainda aprendam alguma coisa.

The Show by Round Two

A Round Two é um conjunto de lojas vintage e de resell espalhadas por todo os Estados Unidos, com a chancela de Sean Wotherspoon – é o designer quem está por trás da marca. Antes de, em 2018, desenhar o seu modelo mais popular em colaboração com a Nike, Wotherspoon estava já envolvidíssimo na cultura urbana e partilhava os seus conhecimentos neste canal, uma vasta coleção de informação sob uma lente vintage, sem esquecer coordenadas mais contemporâneas – há conteúdo para todos!

Música

Nardwuar the Human Serviette

Diretamente de Vancouver, British Columbia, Nardwuar the Human Serviette brinda-nos com as entrevistas mais incríveis – e por vezes mais embaraçosas – na Internet. Dotado de um visual excêntrico e um conhecimento musical enciclopédico, que muito dificilmente encontrará paralelo no mundo, Nardwuar leva mais de 30 anos a entrevistar artistas, desde Nirvana a NLE Choppa, embora só se tenha convertido num fenómeno de YouTube e pop culture nos últimos 10/15.

Depois de lidar com muitos artistas de Rock durante os anos 90 e 2000 que nem sempre lidaram bem com a sua abordagem – Lee Ranaldo dos Sonic Youth parte em direto um disco raríssimo presenteado por Nardwuar; sofreu bullying de David Alexander dos Blur; Travis Barker terminou prematuramente a entrevista irritado com a proximidade do microfone -, conseguiu no rap uma relação de amor mútuo que finalmente lhe deu visibilidade depois de décadas de trabalho. Ganhou a admiração de artistas como Snoop Dogg, Drake, Pharrell Williams ou Tyler the Creator. É referenciado em canções de Vic Mensa, A$AP Ferg, Mick Jenkins ou Ski Mask the Slump God.

As suas entrevistas revelam detalhes sobre música, mas acima de tudo põem em evidência a personalidade dos artistas, revelando a real cara de cada um. Ninguém se consegue manter em personagem. Nardwuar é perito em deixar artistas sem palavras, confrontando-os com factos e episódios sobre a sua infância, família, origens e influências – muitas vezes acompanhado de presentes inusitados. Lil Uzi Vert fugiu a meio de uma entrevista porque “o Nardwuar sabia demasiado”, Diplo perguntou-lhe detalhes sobre o seu passado que não se lembrava e Pharrell considerou a sua primeira entrevista com Nardwuar como uma das mais impressionantes da sua vida.

Absolutamente essencial, Doot doo!

Noisey

A Noisey é um projeto da VICE já com quase uma década de existência. A premissa poderia, à partida, parecer simples: documentar movimentos musicais emergentes um pouco por todo o mundo, sem olhar a fronteiras do género – tudo o que for culturalmente relevante conta. Só que o resultado é bem mais que isso, com um trabalho jornalístico irrepreensível que nos traz histórias bem contadas, e em que a música serve de mote para explicar contextos sociais. Esse mérito foi reconhecido em anos recentes, com o canal televisivo VICELAND e um programa de rádio na Beats 1. Para os amantes do rap, não falta conteúdo, de big hitters como Drake ou 50 Cent a passeios pelos subúrbios com Chief Keef, mas todo o arquivo do canal merece uma exploração.

COLORS

Generalizada a COLORS, a COLORSXSTUDIOS é na verdade uma plataforma musical que visa dar a conhecer talento excepcional. Orgulhando-se do sentido estético que têm vindo a conceber nos seus vídeos, a curadoria é feita com o intuito de dar a conhecer personalidades distintas dentro de uma indústria saturada, realçando o potencial de cada convidado com um set personalizado. Reconhecendo as dificuldades que o estado de quarentena tem despontado na carreira de vários artistas, a COLORS dedicou parte do seu tempo a adaptar a gestão de conteúdos e a repensar a entrega das atuações que nos habituou a dar. De tal forma que, todos os dias, a partir das 18H, é transmitida em direto uma atuação a partir da casa de cada artista. Até agora, contamos com shows de Kojey Radical, Celeste, Maverick Sabre, KAMAAU, Glass Animals, Cosima, Maverick Sabre, Lucy Lu, entre outros.

Três Pancadas

Três Pancadas é um podcast pertencente à TV Chelas. Os seus anfitriões são caras familiares, um trio que sabe do que fala e que, mesmo quando discorda, nos traz opiniões que nos obrigam a pensar sobre a cultura hip hop e temas envolventes. João Moura, Sir Scratch e Sam the Kid fazem-se ainda acompanhar por convidados escolhidos a dedo, de rappers a produtores e até protagonistas menos óbvios do rap português, debatendo de forma aberta e plena de “knowledge” o que nos vai passando pelos ouvidos. O podcast conta ainda com momentos em que os ouvintes podem lançar perguntas a estes “heads”, e tópicos para a discussão.

Entrevistas

Kerwin Frost Talks

Das mãos de uma das figuras mais peculiares do mundo da música e da moda chega-nos a série de entrevistas mais cruas, honestas e ligeiramente cringe do YouTube. Conhecido como fundador dos Spaghetti Boys, melhor amigo de Luka Sabbat e recentemente nomeado embaixador oficial da adidas Originals, Kerwin Frost utiliza agora a sua incrível rede de contactos e amizades para ir a fundo em conversas com algumas das mentes criativas mais interessantes dos nossos tempos – desde Jeremy Scott, Ian Connor Shayne Oliver e Ian Isiah a Tyler the Creator, A$AP Rocky, Chief Keef, SZA e Diplo.

Blueprint

O objetivo, muito bem cumprido, deste programa é explicar como é que os convidados – pessoas excepcionais dentro de diferentes áreas criativas, música, moda, cinema, arte – chegaram onde estão hoje. Cada episódio dura cerca de meia hora, durante a qual os convidados falam da sua infância, início de carreira, influências, momentos chave e das dificuldades e vitórias que vivenciaram até agora, com toda a entrevista a ser conduzida de forma estruturada e organizada para facilitar a aprendizagem. O programa ideal para quem trabalha, ou aspira a trabalhar, nas indústrias criativas.

Epic Conversations

Levadas a cabo no canal de YouTube da GQ, as “Epic Conversations” são uma série autoexplicativa. O programa junta duas personalidades entusiasmantes com um universo criativo em comum, seja ele o da música, cinema, ou até mesmo da escrita, incentivando-os a ter uma conversa épica. O resultado são episódios extensos onde nos debruçamos sobre as vivências, as opiniões, e o desenrolar do processo criativo de cada convidado – e podemos contar com um alinhamento de luxo, de Rick Rubin e Quincy Jones a Al Pacino. Mais não dizemos, façam questão de explorar o resto da série.

Hot Ones

Hot Ones é um programa de entrevistas onde Sean Evans explora a vida dos seus convidados, ao mesmo tempo que comem asas de frango – que vão subindo progressivamente na escala Scoville de picante. O sofrimento visível de muitos dos convidados, à medida que tentam responder enquanto lidam com molhos que poderiam muito bem ser considerados veneno, faz de Hot Ones obrigatório. Mas se isso não for suficiente, as discussões interessantíssimas mediadas por Sean Evans também são motivo para ver.

Food Porn

Fuck, That’s Delicious

Action Bronson é das personalidades mais carismáticas e divertidas do hip hop norteamericano, e alguém teve a brilhante ideia de lhe dar um programa. Em “Fuck, That’s Delicious” podemos seguir o chef-turned-rapper nas suas viagens enquanto prepara iguarias, visita restaurantes, fuma muito e conversa sobre os tópicos supracitados. O programa terminou em 2018, mas vale bem a pena rever.

The Pizza Show

Munchies é um sub-canal da Vice que nos traz o melhor do mundo gastronómico do youtube com uma junção de pop culture: desde mini-séries com Mathy Matheson, guias de drunk food pelo mundo fora, até razões para viajar e conhecer algumas das mecas culinárias por todo o mundo. É um daqueles canais que vem mesmo a calhar para a quarentena: ficar com água na boca de tudo que existe para ver e recriar com aquilo que encontramos por casa.

Desta vez, escolhemos uma dessas séries que nos leva pelo mundo. A pizza é a desculpa, uma receita aparentemente descomplicada – massa de base, molho de tomate, algum queijo (normalmente mozzarella) e um topping a gosto – até conhecermos Frank Pinello. A série inicia-se no seu bairro de Brooklyn, apresenta-nos ícones das pizzas à moda local, e vai-se expandindo pelo mundo. Desde a pizza de Detroit até à famosa “deep dish” de Chicago, chegamos finalmente à versões italianas, da Napolitana à fatia romana. Só sobra a pergunta derradeira: ananás na pizza, sim ou não?

The Burger Show

Pão, um patty, queijo e alguns toppings. O clássico cheeseburger, simples mas que sabe a tudo. Mas e se quisermos ir mais longe? O Burger Show é a resposta, uma enciclopédia para todos os tipos de hamburger, dos mais clássicos às tendências instagrammable; sem, no entanto, esquecer a cultura envolvente, e até algumas figuras improváveis como Takashi Murakami. Nem os vegetarianos ficam esquecidos, com várias versões de veggie burgers.

Bong Appetit

Bong Appétit explora o mundo e a arte dos edibles. Nesta série, Abdullah Saeed vai ao encontro de chefs renomados para preparar versões de pratos clássicos ricas em THC, explicando-nos o bê-á-bá da cozinha infundida com marijuana. A primeira temporada está inteiramente disponível no YouTube.

Binging with Babish

Binging with Babish revisita momentos culinários em cinema, séries, e jogos de vídeo, e tenta – na medida do possível – reproduzir os pratos representados, uns mais ficcionais do que outros. Desde o “Kevin’s Famous Chilli” de “The Office”, até ao Krabby Patty de “Spongebob”, passando por um episódio inteiramente dedicado a recriar pratos presentes em “Game of Thrones”.

Tags:

Deixa um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *