A CARREGAR

Escreve para pesquisar


Moda

Moncler celebra 70º aniversário com casaco Maya exclusivo

Partilhas

 

Dos Alpes para o mundo da alta costura, a Moncler cavou um nicho único. Fundada em 1952, numa localidade chamada Monstier-de-Clermont (o nome “Moncler” é uma versão amalgamada), a marca francesa está a celebrar 70 anos, e a ocasião foi assinalada com um desfile na Piazza del Duomo, em Milão, focado na sua peça signature: o casaco Maya.

A chuva e o tempo agreste não demoveram as quase 18 mil pessoas que se juntaram na história praça para assistir a um mar de músicos e bailarinos, mas o highlight foi mesmo o Maya jacket – o icónico modelo em down – de edição limitada, numa paleta branca. É o derradeiro drop de aniversário, com lançamento agendado para 1 de outubro, e vestiu um total de 1952 participantes (um número familiar, claro).

Um lineup de estrelas – entre Anne Hathaway, Brent Fayaz, Pharrell, Future ou Colin Kaepernick – assistiu ainda à chuva de confetti que encerrou o show, e que lançou o hype para a série de colaborações Maya 70. Igualmente dedicado ao casaco, o projeto traz-nos reinterpretações do modelo pelas mãos de vários parceiros históricos da Moncler, de Thom Browne e Rick Owens a Francesco Ragazzi, Giambattista Valli e Pierpaolo Piccioli, que celebram assim a glória septuagenária.

A Moncler, contudo, não fica por aqui. As celebrações de aniversário estendem-se por outubro e novembro, com exposições e NFTs a caminho. Sob a iniciativa Extraordinary Expeditions, a marca vai levar pop-ups a Nova Iorque, Londres, e Seul, onde será possível mergulharmos nos arquivos da label através de uma experiência de realidade virtual, e ter acesso a artworks NFT exclusivos a cada cidade.

Tags:

Deixa um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *