A CARREGAR

Escreve para pesquisar


Moda

Dior apresenta coleção FW23

Partilhas

 

Kim Jones apresentou a coleção masculina FW23 da Dior, um encontro de tradições de alfaiataria, inspirado pelo poema “The Waste Land” de T. S. Eliot, e que presta homenagem a Yves Saint Laurent.

O runway show foi desenhado em torno de uma caixa preta com iluminação ténue, e contou com uma orquestra ao vivo. Entre as presenças notáveis, estava Jimin, elemento dos BTS, recentemente revelado como embaixador global da Dior, além de Robert Pattinson e Gwendoline Christie, que assumiram um papel de protagonismo. Os dois atores surgiram nos écrãs a ler secções do poema de Eliot, dando o mote para uma apresentação de movimento e fluidez.

Jones explicou que o “ciclo de uma casa de moda é regeneração e rejuvenescimento”, à semelhança da própria moda, e não é por acidente que a coleção olha para 1958, quando Yves Saint Laurent assumiu o leme da Dior, o herdeiro escolhido pelo próprio fundador da casa. A influência é evidente nos tecidos de seda e nos cortes soltos, com um padrão floral que homenageia o fascínio de Dior por jardins, estabelecendo a ponte entre eras.

O mergulho nos arquivos junta o formal e o casual, suaviza silhuetas e reinterpreta a alta costura com linhas clean. Há outerwear utilitário, com toques contemporâneos como os tecidos maleáveis e os padrões leopardo. Coletes acolchoados, malhas adornadas com árvores tridimensionais, cardigans, fatos de lã, bombers em fleece, dominados por uma paleta de tons de terra que referencia os motivos naturais de “The Waste Land”, e com detalhes que nos relembram das credenciais de streetwear de Jones. Por fim, as malas oblique surgem reimaginadas, e juntam-se-lhes novos modelos de calçado, de sapatos a botas 3D-printed.

Acima podem espreitar a coleção Dior FW23 assinada por Kim Jones.

Tags:

Deixa um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *