A CARREGAR

Escreve para pesquisar


Música

Um olá e um adeus na mixtape “Hi This Is Flume”

Partilhas

Um dos maiores problemas da curta temporalidade da musica é que dou por mim a esquecer completamente certos nomes que, em tempos, já me disseram muito. Isto aconteceu-me o mês passado quando vi que tinha saído uma mixtape do Flume. Tive logo um longo flashback de 2013 a 2016, que foi quando mais consumi a música deste artista, embora o último projecto, “Skin”, pouco ouvi mas reconheço as boas produções que lá podemos encontrar.

Saber que ele tinha lançado uma mixtape nova deixou-me curioso para, em primeiro lugar, recordar o estilo que ele tinha e, em segundo, descobrir para o que teria evoluído em 3 anos. Como qualquer álbum que sai, li primeiro a tracklist e não consegui não por logo play na faixa com slowthai, um dos rapper que mais tenho acompanhado de UK. Contente por ver slowthai com Flume mas mal entrou o instrumental lembrei-me da sonoridade deste último – tanto contratempo que quase se torna obvio, misturado com sons orientais electrónicos e de videojogos. Embora eu goste deste style, hoje em dia acho-o azeiteiro e pouco inovador. Como bom azeiteiro que sou, ouvi o projecto todo mas com alguma dificuldade. Entre os 17 temas e as participações de slowthai, HWLS, SOPHIE, Eprom, KUČKA e JPEGMAFIA, a que mais gostei foi, sem dúvida, a que junta este último nome.

No geral a mixtape é fixe, dá para curtir, tem bons drops e cumpre com o que é mas, ainda assim, não senti que adicionei algo novo ao ouvido ao reproduzi-la e não fiquei com vontade de a repetir muitas mais vezes – tirando a faixa com JPEGMAFIA. Contudo, não posso deixar de admitir que muito provavelmente foi o meu gosto pessoal que mudou em 3 anos e não a qualidade do artista.

6.5/10

 

Semi-Copy; Semi-Rapper; Semi-Fashion; Semi-Gajodosvídeos; Semi-crítico e muito mais. Semi-Tudo.

Tags:

Deixa um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *