A CARREGAR

Escreve para pesquisar


Arte e Design

NGV apresenta exposições digitais de Keith Haring e Jean Michel Basquiat, Rei Kawakubo e KAWS

Partilhas

Seria de pensar que com o encerramento de galerias e museus a nível mundial cessassem também agendas culturais. Prova de que a cultura não pára e tampouco o acesso à mesma são as constantes iniciativas digitais por instituições em todo o mundo.

Hoje realçamos o mais recente projecto da National Gallery of Victoria – NGV’s – em Melbourne, Austrália. Com o novo programa virtual lançado pela NGV, o mundo vai ter oportunidade de visitar exposições de artistas contemporâneos de peso gratuitamente. Este projecto inclui a exposição “Crossing Lines”, um inédito colaborativo dos artistas Keith Haring e Jean Michel Basquiat, “Collecting Comme” reunindo obras da designer japonesa Rei Kawakubo, e “Companionship in the Age of Loneliness” do artista Brian Donnely aka KAWS.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

35 years after its creation, Keith Haring’s 1984 Waterwall mural has been reimagined by the NGV.

Uma publicação partilhada por National Gallery of Victoria (@ngvmelbourne) a

 

Comecemos por “Crossing Lines”, uma exposição com dois dos artistas mais influentes do século XX, Jean Michel Basquiat e Keith Haring. A exibição conta com 200 obras de colaborações e trabalhos de ambos, de obras aclamadas com a famosa coroa de Basquiat ao “radiant baby” de Haring. Uma experiência visual que explora a intersecção entre as vidas, prácticas e ideias destes dois artistas. A junção de dois nomes incontornáveis, com uma linguagem visual tão única, desperterá certamente o interesse dos amantes da arte moderna: das palavras aos símbolos, da fotografia à tela e à escultura, a idiossincrasia visual é expressão de ordem. A contextualização dos seus círculos criativos – com destaque para a amizade com Andy Warhol, Madonna ou Grace Jones – acaba também por dar alguma perspectiva da acção dos artistas no programa socio-político da altura, e da influência que ainda exercem sobre o panorama cultural actual.

Collecting Comme” é outra exposição a ter em conta, reunindo peças da designer japonesa Rei Kawakubo, fundadora da ilustre marca Comme des Garçons. Uma selecção de 80 peças, oferecidas maioritariamente pela galeria Takamasa Takahashi, percorre os pontos altos e temas recorrentes de todas as colecções chave da designer, explorando os conceitos radicais e os métodos que Kawakubo vem desenvolvendo desde o seu início de carreira. O seu legado é difícil de medir – a designer redefiniu a forma como as roupas são idealizadas, concebidas, apresentadas e vendidas, desconstruindo toda a conceção clássica de beleza e género -, mas esta é uma excelente porta de entrada para percebermos como Kawakubo reescreveu as regras da moda e continua a ser hoje um ícone e uma figura visionária no panorama contemporâneo.

 

“Companionship in the Age of Loneliness”, do estadounidense Brian Donnely mais conhecido por KAWS, é um exemplo de como uma exposição pode estar sincronizada com a realidade actual que vivemos. Abordando todo o conteúdo emocional do trabalho do artista, fala-nos sobre o isolamento, distância social e a necessidade urgente de “Companionship” e generosidade nesta “Age of Loneliness”. A exposição está dividida em quatro grandes temas: “Public interventions”, “Iconography”, “Order and Chaos” e “Companionship”. Nestas secções existem obras que sumarizam a diversidade artistica de Donnely, de murais à escultura de grande escala, até intervenções de street art ou colaborações com marcas de moda.

KAWS é conhecido pelos seu trabalhos colour-filled e cartoons híbridos de grande escala, e através da iniciativa da NGV podemos ver a sua mais recente escultura de bronze assinada como Companion, a maior do artista até à data. Contamos ainda com diversas peças fruto de colaborações com marcas como Dior, Nike, Comme des Garçons, Supreme, Air Jordan e tantas outras.

Por agora, o melhor será mesmo experienciar estas exposições no conforto do nosso sofá através da plataforma online da NGV.

 

Tags:

Deixa um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *