A CARREGAR

Escreve para pesquisar


Música

Fresh Finds: o melhor da música nas últimas semanas

Partilhas

Com tantas novidades a chegarem-nos do mundo da música, a escolha sobre o que ouvir primeiro pode tornar-se complicada. Para facilitar as coisas, oferecemos uma seleção de novos lançamentos a cada semana, escolhidos a dedo para estarem o par do que mais interessa. Esta ronda de novidades conta com singles, álbuns e mixtapes de Drake, Summer Walker, Branko, KAYTRANADA, e muito mais.

Sigam também a playlist cumulativa de Fresh Finds no Spotify, com a nossa seleção dos melhores lançamentos musicais de cada semana.

 

Aminé: Compensating feat. Young Thug

Este ano tivemos a oportunidade de ouvir faixas que revelam a boa forma do rapper de Portland, desde “Shimmy” a “Riri”, e contando ainda com o seu contributo na faixa produzida pelos Disclosure, “My High”. A dúvida sobre um álbum pairava no ar, e Aminé esclareceu-nos com o lançamento de “Compensating”, a primeira faixa do seu agora esperado registo Limbo. Se haveria melhor forma de o fazer senão ao lado de Young Thug, deixamos por responder, mas não restam dúvidas de que ambos os rappers se complementam da melhor forma. Podem ouvir aqui:

Branko: Enchufada Na Zona Vol. 2

O segundo volume da compilação Enchufada Na Zona já se sentia próximo, não tivesse sido anunciado depois do lançamento de “SDDS”. Finalmente cá fora e disponível para se fazer ouvir em serões que pedem os sons das pistas de dança, esta compilação reúne tanto temas inéditos como remisturas, edits, e algumas faixas que já se fizeram ouvir em sets. A Enchufada Na Zona inclui nomes como os de Ellah, DKVPZ, Dino D’Santiago, Vanyfox, Dengue Dengue Dengue, e tantos outros que podem ouvir aqui:

Kate Bollinger: Grey Skies

Este ano revelou-se como uma autêntica caixinha de surpresas, e ainda que turbulento e caótico, houve e haverá espaço para recalibrar o nosso equilíbrio, rever hábitos e processar o que for necessário. “Grey Skies”, da vocalista e compositora d< Virginia, alcança esses precisos momentos; e se por um lado Kate Bollinger revê sinais da ansiedade que se repete, acompanha a narrativa com melodias de esperança. Embebida nas sonoridades do R&B, “Grey Skies” carrega em si prós e contras, mas despede-se com um sorriso seguido de um “vai ficar tudo bem”. Para ouvir aqui:

Dinner Party (Terrace Martin, Robert Glasper, Kamasi Washington, 9th Wonder): Dinner Party

São quatro as figuras emblemáticas que vieram formar o super grupo Dinner Party: em volta da mesa, juntam-se Terrace Martin, Robert Glasper, Kamasi Washington e 9th Wonder, produtores e multi-instrumentistas que se firmaram dentro dos registos do hip hop ou do jazz. A sua estreia é um álbum homónimo que une esses dois universos sonoros, e que tão bem convivem entre si. Dinner Party alinha sete faixas, onde se fazem sentir o groove do soul e beats que transpiram uma “feel good vibe”. Podem ouvir aqui:

KAYTRANADA: Look Easy feat. Lucky Daye

O produtor haitiano-canadense acaba de lançar o seu primeiro single do ano, primeiro registo depois do segundo álbum de estúdio BUBBA. “Look Easy” conta com a colaboração de Lucky Daye para nos trazer uma produção que inevitavelmente grita “KAYTRANADA”, ou não se regesse por sintetizadores cintilantes, um sub-bass reverberante e ritmos que apelam às pistas de dança. Para além da versão dada como oficial, encontram-se disponíveis ainda o instrumental e um mix extenso, em que “Look Easy” se deixa ouvir por mais um minuto – obrigada, KAYTRA!

Hush Forte: DOMINICANA feat. Myquale, Aaron

O compositor e produtor Hust Forte preparou o seu primeiro single do ano para anunciar o álbum Look Closely, e ainda que tenhamos a oportunidade de ouvir o seu projeto de estreia Ardon e “Summer Girl”, novos projetos são sempre bem vindos. “DOMINICANA” une Myquale a Aaron para nos trazer versos que flutuam num instrumental navegante entre as sonoridades do hip-hop e as do soft-rock, sempre acarinhadas pelo calor do soul. Já disponível, podem ouvir aqui:

Gabriel Garzón-Montano: Agüita

A estética de Gabriel Garzón-Montano caminha para a inconformação, e “Agüita” é lançada quase como que a confirmar o veredicto. Anunciando ainda o esperado álbum de Garzón-Montano, o seu novo single antecede o lançamento de um longo projeto previsto para dia 2 de outubro pela Jagjaguwar. A novidade encontra o artista em força sobre os ritmos acelerantes do trap latino – e ainda que o tenhamos ouvido sobre as ondas do funk e do r&b, é notável a fluidez em cada género a que se propõe.
Podem ouvir o novo single de Gabriel Garzón-Montano aqui:

 

Ashnikko: Daisy

“Daisy” é o terceiro avanço de Ashnikko este ano, sucedendo a “Tantrum” e “Cry”, este último com a colaboração de Grimes. A cantora e rapper americana tem ganho alguma atenção, e se o reconhecimento passou por plataformas como o TikTok, a verdade é que foi o suficiente para atingir um determinado patamar de sucesso – os milhões de streams falam por si. “Daisy” é o novo single que promete seguir o mesmo rumo, com sonoridades da pop e uma narrativa que desafia estereótipos femininos. Podem ouvir o single aqui:

 

Dominic Fike: Politics & Violence

Dominic Fike acaba de lançar “Politics & Violence”, novo single que veio anunciar o álbum What Could Possibly Go Wrong, com data de lançamento prevista para dia 31 de julho via Columbia Records. Desde o álbum de estreia, Fike tem vagueado pelo mundo da música, mantendo a atividade com drops de singles, e foi nesse espaço de tempo que se permitiu não só afiliar aos BROCKHAMPTON, como também consolidar alguns aspetos da sua estética. “Politics & Violence” sente-se por caminhos da alternativa, ainda que Fike use as noções do hip hop para saltar de vocais etéreas para versos comandados pelo rap, muito graças a um beat-switch. A faixa faz-se acompanhar por videoclipe, que podem ver aqui:

 

Billy Lemos: Always feat. Monsune

O produtor de Iowa acaba de anunciar Wonder, novo álbum com data de lançamento prevista para meados de outono, e conta com a colaboração de Monsune. “Always” é o primeiro single de um longo projeto, que promete materializar a essência da cinematografia através da música. O tema rege-se pelo lo-fi, e Monsune contribui com vocais airosas que refrescam as melodias salpicadas a verão. Podem ouvir o novo tema de Billy Lemos aqui:

 

MadeinTYO: Square Bitch feat. A$AP Ferg

MadeinTYO e A$AP Ferg juntam forças para fazer a entrega de um novo single “Square Bitch”. A dupla, que havia colaborado previamente em “WAM”, um dos temas que consta em Floor Seats, vem reafirmar a química que se fez sentir entre ambos junto da produção levada a cabo por Godzay Katana. “Square Bitch” encontrar ambos os rappers no topo das suas carreiras, entre versos confiançudos e flows que impressionam. Já disponível, podem ouvir o tema aqui:

 

Summer Walker: Life on Earth

Depois do sucesso de Over It, Summer Walker está de volta ao ativo e decidiu trazer a público os frutos do seu trabalho: Life on Earth é o seu mais recente EP. A artista, embora prefira manter-se longe dos holofotes e dos olhos da indústria, é a primeira a assumir a sua vulnerabilidade, o que se nota na música que tem lançado nos últimos anos. Life on Earth não é, por isso, exceção. Ao longo das cinco faixas que constituem o EP, Walker navega por relações passadas e as mágoas inerentes. Embebido nas sonoridades do soul e do r&b, Life on Earth conta ainda com versos cortesia de NO1-NOAH e PARTYNEXTDOOR. Já disponível, podem ouvir o EP aqui:

Facade Records: Just In Case

Já lá vão os dias de Odd Future, pelo menos enquanto coletivo no ativo. Com muitos dos membros a seguirem rumos próprios, Domo Genesis juntou forças à dupla de produtores Mike & Keys, dando vida à Facade Records, procurando continuar a lançar músicas sobre um outro pseudónimo. “Just In Case” é o mais recente release deste supergrupo, contando com três faixas de sonoridades reminescentes de um hip hop old-school. Convidados foram ainda C.S. Armstrong e Kay Franklin. Podem ouvir o EP aqui:

H.E.R.: Do To Me

Nos finais do último ano – ainda quando o mundo parecia estar longe de atingir cenários apocalípticos – o principe do reggae uniu-se à princesa do r&b para nos trazer “Slow Down”. Skip Marley e H.E.R. juntaram forças colaborativas, de tal modo que criaram um single pronto a atingir o topo das tabelas da Billboard. Dando continuidade ao trabalho tecido pelas ondas do reggae, H.E.R. lança “Do To Me”, e é por entre dialetos jamaicanos que se fazem sentir reverberações do r&b a que H.E.R. nos habituou. Já disponível, podem ouvir “Do To Me” aqui:

Tkay Maidza: Don’t Call Again feat. Kari Faux

O último single da artista australiana vem anunciar o esperado EP Last Year Was Weird, Vol. 2. Tkay Maidza convida Kari Faux, artista multidisciplinar, para entregar versos vinculados no rap, e ainda que o flow de Faux se mantenha fugaz e preciso, “Don’t Call Again” transporta consigo todo um groove de épocas passadas, cujas coordenadas apontam para o funk dos anos 80. O novo tema de Tkay Maidza conta com videoclipe, que podem espreitar aqui:

Joey Bada$$: The Light Pack

Joey Bada$$ regressa em peso à atividade, desta vez com o lançamento do EP The Light Pack. Considerado o primeiro lançamento a solo desde All-Amerikkkan Bada$$, as três faixas redirecionam as atenções para o rapper no panorama musical da melhor forma. O EP, constituído por “The Light”, “No Explanation” e “Shine”, conta ainda com a colaboração de Pusha T na segunda faixa. Podem ouvir aqui:

DJ Khaled: Popstar feat. Drake

É pela mão de Dj Khaled que Drake reaparece, com duas novas músicas que revelam os dois lados do rapper canadiano. “Greece” é um etéreo documento da sua faceta mais mellow, com voz adocicada e a lembrar Nav. Já em “Popstar” regressa a tough talk e o braggadocio, com uma dose de linhas que comprovam a boa forma. Haverá lançamento novo no horizonte? Por agora, contentemo-nos com este amuse bouche:

Kenny Mason: Give feat. Diante Hitchcock

Kenny Mason já consta no radar de Fresh Finds, não tivesse lançado um álbum de estreia impressionante. De volta ao ativo, o rapper de Atlanta faz-se acompanhar por Diante Hitchcock, e se o seu primeiro longo projeto carregara consigo um peso emocional dado pela narrativa veiculada pelas melodias acertadas, “Give” afasta-se desse universo por vezes lamentável, dadas as circunstâncias retratadas. Ambos os rappers tratam de deixar os seus versos entregues de forma militante, sobre uma produção onde as sonoridades do soul imperam. Para ouvir aqui:

Tags:

Deixa um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *