Balenciaga SS20 traz-nos propostas para as estações quentes

Partilhar:

 

A Balenciaga fez desfilar este domingo as suas propostas para as estações quentes do próximo ano – não fugindo da linha estética explorada na coleção anterior, com arrojados gráficos, sapatilhas técnicas, e as habituais silhuetas imponentes. O trabalho de Demna Gvasalia, contudo, não é assim tão facilmente resumível.

A coleção, que se estabeleceu desde logo como genderless, caraterizou-se pela exploração do estranho, daquilo que nos põe a coçar a cabeça, sob o qual o designer designer geórgio esconde camadas de referências. Muitas das peças apontavam àquilo a que em tempos chamámos de normcore: roupa utilitária, em tons cinzentos e desinspirados; a exploração do uniforme caminha a linha ténue entre banalidade e high fashion, com os exagerados ombros a apontarem a coordenadas diferentes. O casting dos modelos refletiu isso mesmo, com Bella Hadid a desfilar lado a lado com um engenheiro mecânico.

Pelo final do desfile, contudo, essa recuperação do banal já se dissipara, e volumosos vestidos de gala ocupavam a passerelle. Os blazers monocromáticos foram dando progressivamente lugar aos padrões florais, ao “washed denim” caraterístico da Balenciaga, culminando em peças saídas de um filme da Disney.

É um tremendo statement de Gvasalia, na esteira do seu abandono da Vetements, marca fundada em parceria com o seu irmão. Podem ver acima as propostas SS20 da Balenciaga, e acompanhar a apresentação no vídeo abaixo.

https://www.youtube.com/watch?v=7ZmdewoR0aY